Camisas do Palmeiras

Goleiro Marcos completa 17 anos no Palmeiras e ganha bolo


17/05 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 12:31 pm |Permanlink|

Goleiro Marcos completa 17 anos no Palmeiras e ganha boloNo dia 16 de maio de 1992, aquele que é considerado por muitos torcedores como o maior goleiro da história do Palmeiras fez sua estréia na equipe profissional. Em um amistoso contra a Esportiva de Guaratinguetá, Marcos defendeu pela primeira vez o gol alviverde.

Neste sábado, o veterano ganhou um bolo na Academia de Futebol da Barra Funda para celebrar os 17 anos de seu debute.

Questionado sobre o que se recorda daquele amistoso, respondeu: “só lembro que eu joguei”, sorriu. “Lembro de pouquíssimas coisas daquela época.

O Palmeiras, então comandado por Nelsinho Baptista, goleou por 4 a 0, e um dos gols foi marcado por Toninho Cecílio, hoje gerente de futebol do clube. “Disso eu lembro. Ainda tinha Odair, Tonhão, Biro, César Sampaio, Daniel Frasson… Não lembro o time certinho que jogou. Lembro que o Nelsinho Baptista era o técnico e me deu essa oportunidade”, contou Marcos.

Em homenagem ao ídolo, a irmã do ex-lateral-esquerdo palmeirense Lúcio, Liliane Cajueiro Souza, apareceu de surpresa na Academia com um bolo e as velas com o número 17. Acompanhada pelo marido Emerson dos Reis da Costa, que é palmeirense fanático e foi batizado em homenagem ao ex-goleiro Leão, a torcedora viu Marcos tentar lembrar de sua primeira partida.

Eu sei que joguei, mas lembro pouquíssima coisa do jogo em si. Lembro que o Toninho (Cecílio, diretor do Verdão) estava no time, e o Nelsinho Baptista era o treinador. Isso ficou marcado, porque foi quem me deu a primeira oportunidade“, recordou o pentacampeão, que eliminou o treinador da Copa Libertadores deste ano ao defender três pênaltis contra o Sport.

A estreia do ídolo com a camisa palmeirense aconteceu em um amistoso contra a Esportiva de Guaratinguetá, no estádio Dario Leite de Barros, no dia 16 de maio de 1992. Diante de um público de 5.123 torcedores, o Verdão ganhou a partida por 4 a 0. Na ocasião, o time de Nelsinho Baptista foi escalado com Marcos; Odair (Marques), Toninho, Tonhão (Alexandre Rosa) e Biro; César Sampaio, Daniel Frasson, Galeano e Edu Marangon; Márcio e Paulo Sérgio (César).

Neste sábado, em meio às comemorações, o cunhado de Lúcio revelou outra homenagem feita ao goleiro palmeirense. Emerson explicou que seu filho, de apenas dois meses, recebeu o nome de Marcos em referência ao jogador.

Via: GazetaEsportiva.Net | UOL Esportes

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.