Camisas do Palmeiras

Valdivia defende comemorações e diz que provoca só na bola


27/04 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 1:09 am |Permanlink|

Dança do Créu, ‘chororo’, dança louca… o chileno Valdivia resgatou no futebol paulista as comemorações exóticas. O estilo do xodó da torcida do Palmeiras é recriminado pelos adversários, porém ele afirma não ser polêmico e diz que os jogadores de outros times o criticam porque não o conhecem.

O camisa 10 defende as comemorações diferentes. “O torcedor gosta, mas o adversário, não.”

O futebol está muito burocrático. Tiraram a dança do créu, o ‘chororo’, mas o futebol não pode perder a graça. Os principais artistas são os jogadores, e quem está do lado de fora não pode privar a gente disso“, opinou o meia na sexta-feira, na concentração da equipe alviverde em Atibaia.

Os atletas da Ponte Preta, adversária do Palmeiras na final do Campeonato Paulista, já começaram a rotular Valdivia. O volante Bilica, por exemplo, o chamou de “marrento“.

Todo mundo fala dele. É Valdivia pra lá, Valdivia pra cá. Nosso time também é bom. E quantos meias habilidosos como ele eu já não marquei? Não podemos entrar na dele“, declarou o ponte-pretano à Folhapress.

Estou cansado disso. Todo mundo fala de mim como se me conhecesse. Nunca falei mal de ninguém. Sempre recebi pancadas leais e desleais e falei que faz parte do futebol. Fico chateado porque os jogadores têm a liberdade de falar de mim, mas não me conhecem“, reclamou Valdivia.

Ele afirma ser provocativo apenas com a bola nos pés. “Provoco com a bola, e isso faz parte do futebol, não com bate-boca.”

E assegura que não pretende mudar seu comportamento. “Não faço para deixar os outros bravos. É o meu jeito e vou manter. Se todo mundo fala que o futebol que jogo é bom, por que vou mudar?“, argumentou.

Via: Uol Esportes

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.