Camisas do Palmeiras

Verdão não revela reforços e explica ligação com a Traffic


19/12 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 11:03 am |Permanlink|

Vou ficar te devendo essa”. O tradicional chavão usado pelo técnico Wanderley Luxemburgo quando questionado sobre o interesse sobre este ou aquele jogador foi ressuscitado pelo técnico em sua apresentação no Palmeiras, nesta terça-feira, e incorporado pelo vice-presidente de Futebol do clube, Gilberto Cipullo.
Questionado se já teria em mente quantos e quais reforços o elenco do Palmeiras necessita para fazer uma boa temporada em 2008, Luxa disparou: “Essa eu vou ficar te devendo. É coisa interna, com a diretoria”. Cipullo, na seqüência, completou: “Vou usar a mesma frase do treinador: essa eu vou ficar devendo”, sorriu.

Ambos concordaram, no entanto, que a base deixada por Caio Júnior é boa e dará ao Verdão um início de ano melhor do que em 2007. “Tenho o elenco do Palmeiras na cabeça e a base é boa, tanto que chegou até o último jogo do Brasileiro disputando uma vaga na Libertadores”, argumentou Luxemburgo. ‘O trabalho foi bem feito e temos um grupo com uma base sólida’, completou Cipullo.

O técnico não quis polemizar quando questionado sobre o atacante Edmundo e se apoiou na decisão da diretoria, anunciada durante o evento de lançamento da Arena, para se esquivar do assunto.

O Edmundo não tem nada a ver comigo. Se tivesse que ficar no Palmeiras, ficaria, mas essa é uma decisão que já foi tomada, um assunto já resolvido”, sintetizou o comandante, que se negou a falar em outras dispensas: “Essa eu vou ficar te devendo também”, sorriu.

Apesar de manterem o mistério, é sabido que o Palmeiras busca seis reforços para a próxima temporada: um lateral-direito, um esquerdo, um volante, um meia e dois atacantes. O interesse por Jorge Wagner, emprestado pelo Betis ao São Paulo, e de Rodrigo Souto, do Santos, foi confirmado por pessoas ligadas alta cúpula, mas ambas as negociações acabaram não evoluindo.

Sem parceria: Logo em sua apresentação, o técnico Wanderley Luxemburgo fez questão de explicar qual a função da Traffic, empresa que tem como presidente J.Hawilla, junto ao Palmeiras e montagem do elenco para 2008.

A Traffic foi a responsável por buscar um fundo de investimentos que irá colocar jogadores no Palmeiras, mas não está dentro do Palmeiras e não tem contrato comigo ou com ninguém. Nós vamos contratar dentro da realidade do futebol brasileiro”, avisou.

Gilberto Cipullo foi mais além e garantiu que não há parceria ou co-gestão com a empresa. “Não existirá interferência da Traffic em assuntos do Palmeiras, co-gestão como foi com a Parmalat ou parceria. Eles apenas organizarão um fundo de investimentos que contratarão jogadores para o clube”, repetiu.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.