Camisas do Palmeiras

Vanderlei Luxemburgo: Batendo recordes


15/08 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 11:51 am |Permanlink|

O técnico Vanderlei Luxemburgo estará completando mais uma marca histórica sob o comando do Palmeiras. Nesta quarta-feira, contra o Vasco, pela Copa Sul-Americana, ele estará tornando-se o segundo treinador a dirigir mais vezes o clube. Ele vai superar Ventura Cambon, que entre a décade de 30 e 50 comandou o Verdão em 303 partidas. O primeiro é Osvaldo Brandão, com 580 jogos.

Luxemburgo já dirigiu o Palmeiras em 303 partidas: foram 188 vitórias, 65 empates e 50 derrotas, aproveitamento de 69%. Esses números são os melhores da história de um treinador que já dirigiu o Palmeiras. Ele está à frente de nomes que também marcaram época no clube, casos de Osvaldo Brandão [aproveitamento de 66%] e Luiz Felipe Scolari [aproveitamento de 58%].

Nas quatro passagens em que dirigiu o clube, seus times se caracterizam por marcar muitos gols [634, média superior a dois porpartida] e também por sofrer poucos gols [274, média de 0,9 por jogo].

História

Como treinador do Verdão, Luxemburgo conquistou os Campeonatos Brasileiros de 93/94, os Campeonatos Paulistas de 93/94, 1996 e 2008, o Torneio Rio-SP de 1993, o Torneio Euro-América de 1996 e o Torneio Brasil-Itália de 1994.

Ele chegou ao Palmeiras em abril de 1993 para substituir Otacílio Gonçalves, o popular “Chapinha”, que havia perdido três partidas consecutivas na ocasião. Assumiu o time no dia 20 de abril, na vitória de 1×0 sobre o Vitória, em Salvador, no jogo de volta da Copa do Brasil.

Deixou o Palmeiras no início de 1995 e passou por Paraná e Flamengo. Retornou ao clube em novembro do mesmo ano, no lugar de Carlos Alberto Silva, e comandou a equipe nas 9 partidas finais do Campeonato Brasileiro.

Em 1996, o comandante palmeirense montou o esquadrão dos mais de 100 gols, campeão Paulista daquele ano. Deixou o clube no final do ano para depois retornar em 2002. Após passagens por Real Madrid e seleção brasileira, Luxemburgo voltou a dirigir o Palmeiras pela quarta vez no início desse ano.

O time de 1996 dava brilho, espetáculo, e ficará eternamente marcado na história por isso. Já o elenco de 93/94 era mais volumoso e competitivo. Eram tantos craques que muitos ficavam no banco, não tinha espaço“, brinca o treinador, fazendo uma comparação entre as equipes palmeirenses que ele dirigiu no início da década de 90.

Confira as campanhas ano a ano:

1993 – 56 jogos [35 vitórias, 13 empates e 8 derrotas]
1994 – 84 jogos [52 vitórias, 19 empates e 13 derrotas]
1995 – 09 jogos [6 vitórias e 3 derrotas]
1996 – 77 jogos [51 vitórias, 15 empates e 11 derrotas]
2002 – 31 jogos [17 vitórias, 9 empates e 5 derrotas]
2008 – 46 jogos [273 vitórias, 9 empates e 10 derrotas]

Via: Fábio Finelli – Assessoria de Imprensa SEP

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.