Camisas do Palmeiras

Vagner Love se envolve em briga com torcedores do Palmeiras e recebe ameaça de Morte.


01/12 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 6:53 pm |Permanlink|

O atacante Vagner Love se envolveu em uma briga com torcedores do Palmeiras, na tarde desta terça-feira. De acordo com um ambulante, que preferiu não se identificar, o atleta chegou de carro a uma agência bancária próxima ao Palestra Itália, no bairro de Perdizes, na Zona Oeste de São Paulo, e na saída foi abordado por três palmeirenses, que questionaram seu desempenho em campo: “E aí, negão? Vai fazer gol ou não?“. Ainda de acordo com a testemunha, o jogador teria, então, chamado os torcedores para a briga e trocado socos e pontapés com eles.

Temendo ser novo alvo dos fanáticos, o goleiro Marcos, que estava na agência bancária, ficou do lado de dentro e chamou seguranças do clube, que apartaram a confusão. Segundo um vigilante da agência, os três entraram em um carro preto e ameaçaram o jogador de morte: ‘Vamos voltar e te pegar na bala‘.

Três pessoas tentaram me agredir, mas não aconteceu nada demais. Ainda estou vivo“, afirmou o Artilheiro do Amor, que teve a roupa rasgada na confusão e ainda trocou socos e chutes com os “brigões“. “Depois falarei sobre esse assunto, talvez amanhã (quarta-feira)“, emendou.

No momento do problema vivido com Vagner Love, o goleiro Marcos encontrava-se na mesma agência bancária, mas não presenciou a agressão contra o companheiro de equipe.

Nesta terça-feira, Vagner Love entrou no gramado da Academia de Futebol apenas às 16h30, uma hora depois do início do treino. Ele correu por alguns minutos e, logo em seguida, partiu para exercícios na sala de musculação.

Curiosamente, Vagner Love foi vítima da violência justamente dias depois de encerrar com um incômodo jejum de gols. O camisa 9 marcou no triunfo por 3 a 1 sobre o Atlético-MG, no Palestra Itália.

O Palmeiras mantém a cautela em relação aos responsáveis pela agressão ao atacante Vagner Love em um banco no início da tarde desta terça-feira. Porém, se for confirmado pelas autoridades que a violência partiu de integrantes de uma torcida organizada alviverde, o vice de futebol Gilberto Cipullo promete uma atitude drástica contra as facções ligadas ao clube.

Se ficar confirmado que eles são de alguma torcida, vamos tomar alguma atitude. Foi algo inadmissível“, prometeu o dirigente, após o treino na Academia de Futebol. “Nós exigimos punição aos agressores“, emendou.

Não acho que demos muita trela aos nossos torcedores. Procuramos atender àqueles que perguntam sobre o time, sempre queremos cooperar. Costumamos fazer com todo o tipo de torcedor, não apenas com os organizados“, revelou Cipullo.

Via: GloboEsporte.com | GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.