Camisas do Palmeiras

Torcedores madrugam no aeroporto e recebem Palmeiras e o Goleiro São Marcos com festa


13/05 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 11:25 am |Permanlink|

Torcedores prestigia o Goleiro Marcos após o jogo contra o Sport - Libertadores 2009Eles não eram muitos, mas eram barulhentos. Horas depois de o Palmeiras superar o Sport na Ilha do Retiro e avançar às quartas de final da Copa Libertadores 2009, o elenco alviverde chegou ao aeroporto de Cumbica em clima de festa. Cerca de 30 pessoas, entre torcedores e familiares, recepcionaram o elenco por volta das 4h da manhã com assédio e gritos de incentivo.

Essa hora é muito boa. Todo mundo aplaude e você dá entrevistas porque ganhou. O time fez uma ótima partida e mereceu a vaga. O problema seria se não tivéssemos no classificado”, comentou o goleiro Marcos, disparado o atleta mais assediado no desembarque pela torcida.

Assim que os jogadores começaram a aparecer, a torcida animou o saguão do aeroporto na madrugada com elogios até mesmo ao presidente, Luiz Gonzaga Belluzzo. “Esperem pelos jogadores, eles que merecem os aplausos“, disse o dirigente à torcida antes de ser retrucado: “Você também merece, Belluzzo, parabéns“.

Graças a Deus temos um goleiro como ele, que mostrou estar entre os melhores do mundo mais uma vez. Não é à toa que é assim e já mostrou condições para voltar à seleção“, afirmou o meia Diego Souza. “Ele dispensa comentários e mostrou tudo o que pode fazer nessa partida”, completou Cleiton Xavier.

Ciente de sua importância na decisão da Ilha do Retiro, Marcos já se preparou para as entrevistas logo que surgiu no portão de desembarque de Cumbica. O goleiro foi lembrado de uma coincidência histórica: dez anos antes da vitória sobre o Sport, em 12 de maio de 1999, também pela Libertadores, brilhou no clássico contra o Corinthians ao pegar um pênalti de Vampeta. Ali, começou a surgir o mito “São” Marcos.

Na verdade, eu nem lembrava da data“, disse Marcos, esbanjando humildade. “Goleiro é aquela coisa, leva um frango e aí fica lembrando“, emendou.

Todo o elenco do Palmeiras se rendeu ao talento do pentacampeão mundial. O atacante Willians trouxe na memória a época em que torcia pelo atual companheiro de Palmeiras, titular da seleção brasileira na conquista do último título mundial do país.

Na Copa do Mundo de 2002, quando ainda estava na escolinha do Vitória, eu acordava para ver os jogos do Marcos. É muito bom tê-lo agora“, enalteceu o camisa oito.

Willians também revelou uma particularidade da decisão de pênaltis na capital pernambucana. “Antes da primeira cobrança, os jogadores queriam dar força ao Marcos, mas o Bruno (goleiro reserva) avisou para deixá-lo sozinho. Era o momento dele“, disse o atleta, que entrou em campo na etapa complementar.

Via: UOL Esportes | GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.