Camisas do Palmeiras

Técnico Oswaldo é demitido do Palmeiras depois de mais uma derrota


13/06 Publicado em Notícias do Palmeiras por Renata ás 2:17 am |Permanlink|

O presidente Paulo Nobre concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta terça-feira para falar sobre a demissão de Oswaldo de Oliveira. O baixo rendimento do Palmeiras nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro acabou determinando a saída da comissão técnica.

Técnico Oswaldo é demitido do Palmeiras depois de mais uma derrota

Nós, da cúpula do futebol, chegamos à conclusão de que os resultados estavam se afastando muito dos objetivos traçados e era melhor fazer a troca no comando. O Palmeiras passa ser dirigido interinamente pelo (Alberto) Valentim. O Valentim vai comandar a equipe domingo, contra o Fluminense, e posso dizer que todo técnico disponível no mercado hoje é um candidato a ser técnico do Palmeiras – disse Nobre.

Após 30 jogos no comando da equipe, Oswaldo deixa o comando na Academia de Futebol com 16 vitórias, sete empates e sete derrotas, retrospecto que resulta em um aproveitamento de 61%. A má campanha no Brasileirão, que contrasta com as atuações empolgantes do Verdão no Estadual, foi determinante para a demissão do técnico, que após a derrota para o Figueirense, no último domingo, optou por dar folga ao elenco e ir ao Rio de Janeiro para descansar.

Independentemente de quem escolher, o presidente corre o risco de entrar para a história do Palmeiras como um cartola guiado basicamente por dois instintos. Um é o de torcedor capaz de tirar milhões do bolso e colocar no clube, um apaixonado que corneta o time em seu camarote como se estivesse na arquibancada. O outro é o de sobrevivência política, que o fez se alinhar com o ex-presidente Mustafá Contursi e que o deixa vulnerável a pedidos de demissão de treinadores. Essa combinação tem grande potencial para impedir que Nobre seja lembrado como o administrador que planejou, resistiu a pressões e venceu.

Veicula-se na imprensa o nome de Marcelo Oliveira como possível sucessor de Oswaldo, levando em conta a demissão recente do Cruzeiro e a proximidade com o diretor de futebol do Verdão, Alexandre Mattos, com quem foi bicampeão em Minas Gerais. Outra opção é Cuca, que está de saída da China e é outro nome disponível no mercado.

Fonte: Globo Esporte.

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.