Camisas do Palmeiras

Sem Luxemburgo, Palmeiras e Santos empatam no Palestra Itália


28/06 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 8:33 pm |Permanlink|

No primeiro jogo sem Vanderlei Luxemburgo, o  Palmeiras parecia que conseguiria uma vitória importante no Palestra Itália. Mas não contava com a estrela de Robson, que entrou no segundo tempo e empatou para o  Santos   em 1 a 1, na noite deste domingo, pelo  Brasileiro 2009. O gol do santista impediu o Verdão de terminar a rodada no G-4 e colocou o time da Baixada em 11º. Se a primeira etapa foi dos anfitriões, os visitantes tomaram conta do segundo tempo.

Com o resultado, o Alviverde fica com a quinta posição, com 13 pontos, e o Santos soma dez pontos. Na próxima rodada, o Palmeiras encara o Avaí em Florianópolis, no próximo domingo. Um dia antes, o Peixe recebe o Sport.

O Palmeiras foi formulado neste ano para ter Vanderlei Luxemburgo como o “arquiteto” do time e Keirrison como o “matador“. Os dois, porém, não fazem mais parte dos planos do clube. Do lado santista, Mancini convive com a sombra Muricy. O empate por 1 a 1 neste domingo, no Parque Antarctica, manteve as incertezas das duas equipes no Brasileirão, que estudam mudanças nos comandos técnicos.

Demitido do comando do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo foi lembrado pela torcida alviverde, que não economizou críticas e ironias em direção ao ex-técnico do clube.

Uma faixa com a inscrição “Planejamento?” foi aberta pelos torcedores no começo do clássico, lembrando uma das metas propaladas por Luxemburgo. Outros torcedores palmeirenses pediam Muricy Ramalho, atualmente desempregado.

A sombra de Muricy também ronda a Vila Belmiro. Sem vencer há três partidas, o Santos se limitou a defender nos 45 minutos iniciais. Pouco criativo, o time da Vila dava espaços para investidas do Palmeiras. Mesmo demonstrando falta de sintonia ofensivamente, o time alviverde teve maior controle no 1° tempo, atacando o Santos principalmente com Cleiton Xavier, articulador no meio-campo.

Sem Keirrison, em negociação com o Barcelona, o ataque do Palmeiras buscou outra opção na área: Obina, aposta do ex-técnico do clube, Vanderlei Luxemburgo, que bancou sua contratação mesmo sob intensas críticas. E foi Obina quem abriu o marcador. O ex-flamenguista aproveitou sobra de bola dentro da área após chute de Cleiton Xavier e apenas escorou para o gol, aos 32 minutos da etapa inicial.

PALMEIRAS 1 X 1 SANTOS

PALMEIRAS
Marcos; Wendel (Ortigoza), Mauricio Ramos, Danilo e Armero; Pierre (Edmilson), Souza, Cleiton Xavier e Diego Souza; Willians (Felipe) e Obina
Técnico: Jorginho

SANTOS
Douglas; Wagner Diniz, Fabão, Domingos e Pará (Molina); Rodrigo Souto, Roberto Brum, Paulo Henrique Lima (Paulo Henrique Rodrigues) e Madson; Neymar (Róbson) e Kléber Pereira
Técnico: Vagner Mancini

Data: 28/06/2009 (domingo)
Local: Parque Antarctica, em São Paulo/SP
Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)
Auxiliares: Márcio Luiz Augusto e Carlos Augusto Nogueira Junior (SP)
Cartões amarelos: Wagner Diniz, Fabão, Róbson (SAN), Wendel, Souza (PAL)
Gol: Obina, aos 32 min do primeiro tempo, Robson, aos 37 min do segundo tempo

Via: UOL Esportes

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.