Camisas do Palmeiras

São Paulo vence clássico contra o Palmeiras


13/07 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 6:01 pm |Permanlink|

Depois de três rodadas sem vencer, o São Paulo voltou a conquistar os três pontos e o adversário não poderia ser melhor. Jogando no Morumbi, a equipe tricolor venceu o clássico contra o Palmeiras por 2 a 1, e subiu para a sétima colocação, esboçando uma reação na tabela.

Agora, a possibilidade de crise vai para o outro lado. Com essa derrota, o time do Parque Antarctica completa três partidas sem vencer, estaciona nos 18 pontos, mas permanece na quinta colocação.

O clássico começou quente e muito movimentado, com o São Paulo tomando a iniciativa, marcando forte no meio e pressionando no ataque. Em cinco minutos, os donos da casa já tinham conseguido chegar com perigo em pelo menos três oportunidades.

Com tanta pressão, o gol são-paulino era questão de tempo e saiu aos 7min do primeiro tempo. Depois de boa bola enfiada por Hernanes, Jorge Wagner apareceu pela direita, foi a linha de fundo e cruzou rasteiro. A bola passou pelo goleiro Marcos, e o zagueiro André Dias apareceu livre para marcar o gol.

Mesmo depois de abrir o placar, o time tricolor seguiu indo para cima, preocupando a defesa palmeirense. Os visitantes chegavam com perigo apenas em bolas paradas e passou a ficar um pouco mais com a posse de bola em seu ataque a partir dos 15min da etapa inicial.

O Palmeiras esboçou uma reação, tentando chegar em jogadas individuais de Kléber e Valdivia, mas Rogério Ceni não precisou fazer nenhuma defesa até aquele momento. Mas logo o São Paulo voltou a ter o domínio da partida e ir ataque com força.

Os 15 minutos finais foram os melhores do Palmeiras no primeiro tempo. A equipe alviverde começou a tocar a bola com mais qualidade, e com isso, levar mais perigo ao gol de Rogério Ceni, que fez sua primeira defesa aos 28min em chute de Alex Mineiro.

Na saída para o intervalo, mesmo com a vitória parcial, os são-paulinos mostravam preocupação com o placar. “Agora vamos tentar segurar esse resultado e matar o jogo no segundo tempo, porque é perigoso esse 1 a 0“, explicou o volante Hernanes.

Pelo lado do Palmeiras, o goleiro Marcos reclamou da atuação da equipe no início da partida. “Não jogamos bem no começo, tomamos sufoco do São Paulo. Espero que possamos acertar para o segundo tempo melhorar. Desse jeito não pode ficar.

E a conversa do técnico Vanderlei Luxemburgo nos vestiários pareceu ter surtido efeito. O Palmeiras voltou bem para o segundo tempo, com uma marcação acertada e indo com eficiência para o ataque. Rogério Ceni era constantemente acionado, e o São Paulo ficava com a arma dos contra-ataques.

Se o primeiro tempo teve o domínio do São Paulo, o segundo foi um pouco mais equilibrado, mas pendendo para o lado do Palmeiras. O time do Parque Antarctica criava as melhores chances, tinha mais volume de jogo, só que não conseguia converter isso em gols. Com velocidade, os donos da casa também levavam algum perigo.

Com 27min do segundo tempo, um lance feio. Em uma disputa de bola, o atacante são-paulino Borges caiu em cima do braço e sofreu uma grave lesão, preocupando o departamento médico do time.

Mas quando o Palmeiras estava melhor na partida, o São Paulo conseguiu marcar o segundo gol e confirmou a vitória. Aos 38min, Éder Luís, que tinha acabado de entrar, fez boa triangulação com Jorge Wagner e chutou. A bola ainda desviou na defesa palmeirense antes de entrar no gol.

O Palmeiras ainda conseguiu diminuiu o placar. Já nos acréscimos do segundo tempo, o zagueiro Jeci marcou de cabeça, depois de cobrança de escanteio.

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Zé Luiz, André Dias e Alex Silva; Joílson (Éder), Richarlyson, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; Borges (Aloísio) e Dagoberto (Éder Luís).
Técnico: Muricy Ramalho

PALMEIRAS
Marcos; Fabinho Capixaba (Evandro), Jeci, Gladstone e Leandro; Martinez, Léo Lima (Lenny), Diego Souza (Denilson) e Valdivia; Kléber e Alex Mineiro.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Data: 13/07/2008 (Domingo)
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Público: 22.235 pagantes
Renda: R$ 583.397,00
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Carlos Augusto Nogueira Junior (SP)
Cartões amarelos: Dagoberto, André Dias e Aloísio (São Paulo), Kléber, Gladstone e Alex Mineiro (Palmeiras)
Gols: André Dias, aos 7 min, do primeiro tempo, Éder Luís, aos 38 min, do segundo tempo, para o São Paulo, e Jeci, aos 48 min do segundo tempo, para o Palmeiras

Via: UOL Esportes

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.