Camisas do Palmeiras

“Professor”, Luxemburgo agradece Zidane por elogios


18/03 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 12:15 pm |Permanlink|

Em evento realizado na noite de ontem em São Paulo, na aula inaugural dos cursos de sua fundação, o técnico Vanderlei Luxemburgo, do Palmeiras, agradeceu os elogios recebidos pelo ex-jogador Zinedine Zidane, um dia depois da passagem do ídolo francês pelo Brasil.

O treinador lembrou dos tempos em que trabalharam juntos no Real Madrid, da Espanha, e elogiou o caráter do ex-camisa dez da seleção francesa, grande responsável por bater o Brasil nas Copas de 1998 e 2006.

O Zidane foi um dos grandes profissionais com quem eu trabalhei, como ser humano e profissional. É uma pessoa belíssima. Só tenho a agradecer o carinho que ele teve comigo no Real“, disse o comandante, que destacou a boa relação com o francês, assim como mantinha com os outros astros da equipe.

Mesmo sendo o Zidane, idolatrado pelo mundo, sempre teve muito respeito ao Luxemburgo quando lá esteve. E isso, para mim, foi marcante. E não só ele, mas outros jogadores famosos tiveram respeito comigo. Isso é o que eu carrego. Ser respeitado como profissional de futebol por pessoas do nível do Zidane“, disse Luxemburgo, durante evento realizado em São Paulo.

Passados pouco mais de dois anos de sua passagem pela equipe madrilena, o técnico foi lembrado pelo craque francês neste domingo, quando participou de um jogo beneficente na capital paulista, e afirmou que o brasileiro merecia ter mais sorte no futebol europeu.

O treinador palmeirense também respondeu s críticas recebidas respeito do novo desafio na carreira, quanto divisão de tarefas. Para o treinador, sua função de técnico não será prejudicada com as aulas que irá ministrar em seu instituto de ensino, que visa formar profissionais do esporte.

Estou totalmente centrado na minha profissão (de treinador). São negócios paralelos que você tem e todo mundo tem. As pessoas não querem entender que o técnico pode fazer outras coisas. Vejo isso com muita naturalidade“, disse Luxemburgo.

Um dia após vibrar bastante no banco de reservas durante a goleada por 4 a 1 de sua equipe sobre o São Paulo, pelo Campeonato Paulista, o comandante do time do Parque Antárctica prometeu que manterá o mesmo empenho em sua nova função longe dos gramados.

A vibração vai existir sempre porque você tem que fazer a coisa com 100% de motivação para mostrar para os alunos a intensidade. A idéia é mostrar o lado profissional e tudo o que fizemos na carreira. A motivação sempre está dentro de mim. A partir do momento que eu me propus ao projeto, não tem porque não fazer a coisa bem feita“, disse o técnico.

Via: Redação Terra

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.