Camisas do Palmeiras

Perto dos 300 Gols, Alex Mineiro o artilheiro palmeirense ainda sonha com gol mil


28/08 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 12:13 pm |Permanlink|

O fim da década tem sido marcado no futebol brasileiro pela corrida de veteranos atacantes à marca dos mil gols. Depois de Pelé ser o primeiro a atingir o feito, em 1969, Romário reiniciou a busca e, contando inclusive seu desempenho em categorias de base, chegou ao milésimo em maio de 2007. Túlio Maravilha, com 885 gols em suas contas, também mira entrar na história. E a dupla pode ganhar um concorrente de menor pompa: Alex Mineiro.

Segundo maior artilheiro do Brasil atualmente, com 33 gols em 2008, e maior goleador da Série A deste ano, o palmeirense iniciou a contagem de tentos na carreira. Descobriu um número bem abaixo do milésimo, mas, sem deixar a entender se fala em tom de brincadeira, garante pensar em repetir Pelé e Romário.

Já estou com quase 300 gols. Chegar aos mil gols é complicado, mas vou tentar. E ainda tenho gols no infantil, juvenil, júnior… Dizem que o Romário fez isso, né? Posso fazer também para me ajudar”, calcula o centroavante de 33 anos.

A favor da corrida do atacante está a sua freqüência em campo. Desde que chegou no Palmeiras, em 2008, o camisa 9 não se contundiu. Só não jogou por suspensão ou opção de Wanderley Luxemburgo. Com isso, já se tornou o maior artilheiro em uma só temporada no clube neste século. Fato que já é suficiente para comemoração.

É o meu melhor momento na carreira. Com a ajuda dos meus companheiros, tenho conseguido fazer gols e estou bastante satisfeito com meu rendimento”, elogia-se Alex, sem dúvidas para definir a grande área como seu “habitat natural”.

É o lugar que eu gosto de jogar. Fico próximo do gol, onde a maioria das chances aparecem, e por isso tenho essa média. Até porque chutar de fora da área não é muito o meu forte”, admite.

E, desta maneira, o artilheiro, dono de 15 gols no Brasileiro, caminha para ser o primeiro palmeirense na história da competição a terminar sua participação no topo da tabela de goleadores.

Tenho essa meta e sonho bastante com isso. E eu também nunca fui artilheiro do Brasileiro. Fui vice em 2001 (fez 17 pelo Atlético-PR), mas o Romário fez 21 gols. Agora estou na disputa com outros grandes jogadores e quero mais esse troféu para a minha coleção”, encerra o cada vez mais confiante dono da 9 do Verdão.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.