Camisas do Palmeiras

Palmeiras vence o Guarani com reservas e amplia domínio no Paulistão 2009


28/02 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 5:52 pm |Permanlink|

Mesmo sem realizar uma grande partida e repetir o futebol ofensivo dos titulares, os reservas do Palmeiras cumpriram seu papel mais uma vez. O time alviverde se aproveitou de um gol de Deyvid Sacconi aos 34min do segundo tempo e derrotou o Guarani por 1 a 0 no Parque Antarctica. Desta forma, os comandados de Vanderlei Luxemburgo ampliaram a vantagem do clube na liderança do Campeonato Paulista.

O triunfo deixou o Palmeiras com 28 pontos, quatro a mais que o segundo colocado Corinthians. Já o Guarani continuou sem vencer mesmo com a estreia do técnico Guilherme Macuglia nesta tarde. Desde a terceira rodada do Estadual, o time campineiro só perde ou empata e, por isso, permanece na zona de rebaixamento com nove pontos.

O clube do Parque Antártica, por outro lado, aprimorou a campanha no Paulista, agora com nove vitórias e um empate, que o deixa com um aproveitamento de 93,3% na competição. Esta é a melhor marca do Palmeiras em um início de Estadual desde 1996, quando o time teve um retrospecto semelhante na época que também era dirigido por Luxemburgo.

Neste sábado, o treinador palmeirense decidiu escalar apenas três titulares: Marcos, Danilo e Pablo Armero. Isso porque a equipe tem compromisso pela Copa Libertadores na próxima terça-feira contra o Colo-Colo, também em casa. Todos os outros titulares ganharam descanso e nem foram relacionados para o banco pelo técnico.

A entrada dos reservas, no entanto, não atrapalhou o time quando a partida começou. Com dois atacantes leves – Lenny e Marquinhos -, o Palmeiras deu trabalho aos defensores rivais, que abusaram das faltas próximas à área no início do jogo. As chances de bola parada vieram em boa hora para os anfitriões, principalmente, após Luxemburgo praticar as jogadas ensaiadas ao longo de toda a semana. Mas em nenhuma deles a equipe teve sucesso.

Aos poucos, o meio-campo do Guarani se acertou na partida e conseguiu encaixar bons contra-ataques. Com isso, passou a ser mais efetivo no setor ofensivo e criou chances de gol evitadas por Marcos. Foi somente nos 15 minutos finais que o Palmeiras voltou a pressionar até Lenny conquistar um pênalti aos 45min.

Após discutir sobre quem ia para a cobrança com o camisa 19, Marquinhos foi o escolhido pelo técnico alviverde, mas desperdiçou a cobrança no fim da etapa inicial e ouviu vaias da torcida. “Eu bati normalmente, assim como eu faço nos treinos. Qualquer um pode perder um pênalti“, afirmou o atacante logo após o lance.

Com Bruno no lugar de Marcos, lesionado após uma dividida, o Palmeiras começou o segundo tempo mantendo o domínio da posse de bola, mas parou diante da marcação dos visitantes. Aos 14min, Luxemburgo colocou Ortigoza no lugar de Maurício e mudou o esquema do time para o 4-4-2. Pouco depois, ele colocou Deyvid Sacconi no lugar de Marquinhos, que deixou o gramado sob fortes vaias.

PALMEIRAS 1 x 0 GUARANI

Data: 28/02/2009 (sábado)
Local: estádio Parque Antarctica, em São Paulo
Árbitro: Marcelo Rogério (SP)
Auxiliares: Reinaldo Rodrigues dos Santos e Alexandre Basilio Vasconcellos (SP)
Público: 11.617 torcedores
Renda: R$ 330.057,50
Cartões Amarelos: Jumar, Deyvid Sacconi (PAL); Éder Baiano, Walter, Rafael Fefo (GUA)
Gol: Deyvid Sacconi, aos 34min do segundo tempo

Palmeiras
Marcos (Bruno); Maurício (Ortigoza), Jeci e Danilo; Wendel, Jumar, Sandro Silva, Evandro e Pablo Armero; Lenny e Marquinhos (Deyvid Sacconi)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Guarani
Douglas; Éder Baiano (Rafael Fefo), Danilo e Walter; Maranhão, Gláuber, Claudiney Rincón, Bruno (Chiquinho) e João Paulo (Henrique); Dairo e Fernando Gaúcho
Técnico: Guilherme Macuglia

Via: UOL Esportes

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.