Camisas do Palmeiras

Palmeiras quer vetar árbitro e assistente em seus jogos


13/04 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 8:48 pm |Permanlink|

A diretoria do Palmeiras não quer mais ter o árbitro Paulo César de Oliveira e a assistente Maria Eliza Barbosa em jogos do clube neste Campeonato Paulista. O vice-presidente de futebol do Verdão, Gilberto Cipullo, reclamou do desempenho da dupla na derrota por 2 a 1 para o São Paulo e prometeu fazer um pedido à Federação Paulista para vetar os profissionais na seqüência do Verdão no Estadual.

O árbitro e a bandeirinha não têm condições de apitar jogos do Palmeiras. O gol com a mão deu confiança ao adversário e desestabilizou nosso time, mas o Palmeiras tem condições de reverter”, afirmou.

O dirigente explicou que o Palmeiras não estava preocupado com a arbitragem para a fase decisiva do Paulistão, mas acredita que se enganou na expectativa. “Quando foram relacionados os dez nomes que poderiam apitar nesta fase, tivemos confiança, mas lamentavelmente fomos prejudicadíssimos”.

Cipullo esclareceu que seu pedido de veto à dupla refere-se ao Paulistão. “Este é o campeonato em vigor e podemos falar pelo que estamos jogando”.

Porém, o dirigente também não se mostrou propenso a aceitar o trabalho de Maria Eliza em jogos do Verdão em outros campeonatos. “A bandeirinha não tem condição técnica de apitar jogos dessa importância. Pudemos ver isso no lance do Alex Mineiro”, acrescentou, citando um lance em que a auxiliar teria assinalado impedimento depois de cobrança de escanteio.

Cipullo ainda afirmou que o volante Hernanes deveria ter sido expulso por uma falta em Kléber. Por outro lado, o chefe da comissão de arbitragem da Federação Paulista, coronel Marcos Marinho, negou a possibilidade de excluir os profissionais dos jogos do Palmeiras. “A Federação não veta árbitros”, resumiu.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.