Camisas do Palmeiras

Palmeiras não brilha, mas elimina o Cene: 2 a 0


28/02 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 3:38 pm |Permanlink|

O Palmeiras foi a Campo Grande encarar o Cene, nesta quarta-feira, com um único objetivo: bater o Cene por dois ou mais gols de diferença para eliminar a necessidade da partida de volta. Apesar de muito sofrimento na etapa inicial, a missão foi cumprida no segundo tempo: 2 a 0.

A classificação começou a ser construída aos cinco minutos da etapa final, com Evandro, contra. Onze minutos mais tarde, depois de lançamento primoroso de Valdívia, Diego Souza completou o placar, com categoria.

O Palmeiras contou ainda com a estréia do atacante Kléber, que entrou no lugar de Alex Mineiro aos 16 minutos da etapa final e começou a ganhar ritmo de jogo, entrando na briga por um lugar entre os titulares.

Classificado, o Palmeiras agora aguarda de camarote o vencedor do duelo entre Remo, do Pará, e Central, de Pernambuco, que não passaram de um empate sem gols no primeiro duelo. Pelo Paulistão, o Alviverde terá um compromisso importantíssimo no domingo, diante do arqui-rival Corinthians, no Morumbi.

Atuando com um esquema tático diferente do utilizado no Paulista, com dois zagueiros e três volantes, o Palmeiras demorou a se encontrar em campo e quase foi surpreendido pelo time do Reverendo Moon aos 18 minutos, quando Wanderson, da entrada da área, levou enorme perigo ao goleiro Marcos, que teve de se esticar todo para evitar a abertura do placar.

Bem marcado, o Verdão sofria para criar as jogadas ofensivas, e conseguiu chegar próximo ao gol defendido por Bruno Santos apenas aos 25 minutos, depois de falta cometida por Renato em cima de Valdívia. Na cobrança, Leandro mostrou categoria, mas parou na trave.

Ainda na etapa inicial, novamente depois de boa jogada do chileno Valdívia, Alex Mineiro, dentro da pequena área, perdeu incrível oportunidade de abrir o placar, para desespero do técnico Wanderley Luxemburgo e da torcida alviverde, que compareceu em bom número ao Morenão.

No segundo tempo, o Palmeiras começou em cima do adversário e contou com uma “ajudinha” do Cene para abrir o placar. Aos cinco minutos, Leandro cobrou falta para a área e Evandro, ao tentar evitar a chegada de Gustavo, cabeceou contra as próprias redes: 1 a 0 Verdão.

Aos 16 minutos, quando Luxemburgo preparava Kléber e Denílson para entrar na partida, Valdívia deu assistência perfeita para Diego Souza, que só teve o trabalho de tirar do goleiro Bruno Santos: 2 a 0 e classificação momentaneamente assegurada.

Mais tranqüilo, Wanderley Luxemburgo mexeu no time, sacando Valdívia e Alex Mineiro para as entradas de Denílson e do ex-são-paulino Kléber, que fez sua estréia com a camisa do Verdão.

O Palmeiras passou a tocar a bola no campo ofensivo para fazer o tempo passar, sem pressa para marcar o terceiro gol. Denílson, sozinho com o goleiro, provou que ainda não aprendeu a mandar a bola para dentro, chutando em cima de Bruno.

O Cene também não ameaçou mais o gol defendido por Marcos e o placar ficou mesmo nos 2 a 0, mais do que suficiente para a equipe do técnico Wanderley Luxemburgo seguir viva na competição.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.