Camisas do Palmeiras

Palmeiras lança o projeto ‘Ame o Verde’


17/12 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 9:56 pm |Permanlink|

Prestes a anunciar um contrato de patrocínio com a Fiat, o departamento de marketing do Palmeiras prepara um projeto inédito no futebol brasileiro para 2008, que envolve responsabilidade social e sustentabilidade ambiental. “O projeto se chama ‘Ame o Verde’ e unirá jogadores e torcedores em torno da conscientização ambiental”, diz Rogério Dezembro, diretor de marketing do clube. “Somos nós que precisamos fazer esse tipo de projeto. O verde é nossa marca! Não dá para esperar o Corinthians lançando campanha de proteção ao verde”, emenda o dirigente, bem humorado.

A idéia é fazer do “Ame o Verde” um dos carros-chefe do projeto de valorização do Palmeiras na mídia. Só nas últimas semanas o clube acertou duas parcerias de peso: uma que renderá R$ 40 milhões da agência de marketing esportivo Traffic para a contratação de jogadores, e outra com a WTorre, empresa de engenharia que transformará o Palestra Itália numa Arena Multiuso até o fim de 2010, com investimento orçado em R$ 250 milhões.

“Esse projeto ‘Ame o Verde’ será muito interessante. Não vamos apenas plantar palmeiras em torno do Rio Tietê, por exemplo. Isso seria fácil de fazer. Nosso projeto será muito mais ousado e complexo do que isso”, promete Rogério Dezembro. Detalhes sobre esse e outros 11 projetos do Palmeiras serão discutidos numa reunião no dia 27 de dezembro, entre representantes das diretorias de marketing, planejamento e futebol.

Antes disso, será anunciado o patrocínio da Fiat, que estampará sua marca no peito e nas costas da camisa do time profissional – a montadora italiana pagará R$ 12 milhões por ano, como revelou o JT na quarta-feira passada, com exclusividade. O amistoso do Verdão com a Juventus de Turim (outro time patrocinado pela Fiat), que será realizado no meio do ano que vem, também foi antecipado pelo JT na semana passada.

O anúncio dessas parcerias, somado ao interesse na contratação de Vanderlei Luxemburgo, tem atraído novas empresas para o Palmeiras. “Agora está chovendo oferta de gente interessada em estampar sua marca nas mangas da camisa”, diz Luiz Gonzaga Belluzzo, diretor de planejamento. “Ninguém aposta em cavalo manco. Vendo o Palmeiras se mexer assim, de forma mais dinâmica, é natural que apareça gente interessada nos nossos projetos.”

O Palmeiras pede R$ 300 mil mensais (R$ 3,6 milhões anuais) para ceder as mangas da camisa a um novo patrocinador que, até então, seria a Lenovo, fabricante de notebooks, que hoje pertence ao grupo IBM.

Via: Estadão

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.