Camisas do Palmeiras

Palmeiras bate o Corinthians e Obina é o destaque do Clássico


26/07 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 5:58 pm |Permanlink|

Saudado pelos flamenguistas como “melhor que Eto’o“, Obina foi melhor que Ronaldo na tarde deste domingo e marcou os gols da vitória por 3 a 0 do Palmeiras diante do Corinthians. Das tribunas, o técnico Muricy Ramalho acompanhou o sucesso de seu time no clássico disputado no Prudentão.

Com este resultado, o Palmeiras constrói uma invencibilidade de seis jogos diante do maior rival. Desde o dia 25 de outubro de 2006, quando o Corinthians venceu com um gol de Marcelo Mattos no Campeonato Brasileiro, foram cinco vitórias alviverdes e um empate.

Desta forma, o Palmeiras chega aos 28 pontos e assume a segunda colocação, a um ponto do líder Atlético-MG. Na próxima rodada, o Verdão enfrenta o Fluminense no Palestra. Já o Corinthians é o quarto lugar, com 23 pontos, e volta a campo contra o Santo André, em São José do Rio Preto.

Apresentado como novo técnico do Palmeiras na última sexta-feira, Muricy Ramalhou viu o jogo das tribunas e teve seu nome gritado pelos torcedores antes do jogo. De camisa preta, cor proibida pela torcida organizada palmeirense em sua sede, ele vibrou com os gols de Obina e acenou para os torcedores.

Após sofrer falta de Souza, Ronaldo deixou o jogo com uma lesão no punho direito. Sem o Fenômeno, o Palmeiras passou a mandar no jogo e abriu o placar com Obina. Já na etapa complementar, Cleiton Xavier foi derrubado por Chicão dentro da área e Obina ampliou em cobrança de pênalti. No terceiro gol, o centroavante apenas completou após assistência do camisa 10.

Com o triunfo no clássico, o Palmeiras soma 28 pontos e iguala a campanha do líder Atlético-MG, que perdeu em casa para o Goiás. O clube mineiro ainda é o primeiro por causa de uma vantagem no saldo de gols. Já o Corinthians permanece com 23.

CORINTHIANS 0 X 3 PALMEIRAS

CORINTHIANS
Felipe; Diogo (Alessandro), Chicão, William e Diego (Marcinho); Jucilei, Elias e Douglas; Jorge Henrique, Ronaldo (Moradei) e Dentinho
Técnico: Mano Menezes

PALMEIRAS
Marcos; Wendel, Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Edmilson (Sandro Silva), Souza (Marcão), Cleiton Xavier (Deyvid Sacconi) e Diego Souza; Obina
Técnico: Jorginho

Data: 26/07/2009 (domingo)
Local: Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa/RS)
Assistentes: Ednilson Corona e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos SP)
Público: 29.977
Renda: R$ 867.035,00
Cartões amarelos: Diego (C), Alessandro (C), Elias (C); Edmílson (P), Armero (P), Maurício Ramos (P), Obina (P)
Cartão vermelho: Alessandro (C)
Gol: Obina, aos 31min do primeiro tempo; Obina, aos 15min e aos 20min do segundo tempo

Via: GazetaEsportiva.Net | Esportes UOL

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.