Camisas do Palmeiras

Palmeiras 2 x 0 Náutico: Ataque funciona e Palmeiras supera o Náutico e entra no G-4


29/06 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 8:22 pm |Permanlink|

Um gol de pênalti de Alex Mineiro, com direito a paradinha, e outro de Denílson, que substituiu o artilheiro no segundo tempo, fizeram o Palmeiras bater o Náutico por 2 a 0 neste domingo, no Palestra Itália, chegar aos 16 pontos e entrar no desejado G-4 do Campeonato Brasileiro.

O resultado diante dos pernambucanos deixou o Verdão na zona de classificação para a Libertadores, com um ponto atrás de Grêmio e Cruzeiro e três distante do líder Flamengo.

Alex Mineiro, autor do primeiro gol do jogo, chegou a seis na tabela de artilheiros e assumiu o topo da lista, ao lado de Guilherme, do Cruzeiro, que também balançou as redes neste domingo, diante do São Paulo.

Palmeiras e Náutico jogarão fora de seus domínios na rodada do próximo final se semana. Enquanto o Verdão irá a Belo Horizonte encarar o Atlético-MG, domingo, o Náutico entrará em campo um dia antes, diante do líder Flamengo, no Maracanã.

Neste domingo, o primeiro tempo do jogo foi praticamente um “ataque contra defesa”, com o Palmeiras rodeando a área pernambucana e desperdiçando incontáveis chances para abrir o marcador, a melhor delas com Alex Mineiro, de cabeça, após cruzamento de Élder Granja. Eduardo fez seu papel e defendeu.

A “blitze” alviverde continuou e o grito de gol por pouco não saiu da garganta dos torcedores aos 30 minutos, quando Martinez cobrou falta com violência, da entrada da área. A bola desviou na barreira e explodiu no travessão do Timbu.

De tanto martelar a zaga pernambucana, o Verdão foi recompensado no minuto final do primeiro tempo. Élder Granja foi ao fundo pela direita e acabou calçado por Itaqui, que acabara de entrar: pênalti, que Alex Mineiro cobrou com perfeição para fazer 1 a 0 e se igualar a Guilherme, do Cruzeiro, na artilharia do Brasileirão, com seis gols.

No segundo tempo o técnico Leandro Machado tentou modificar o panorama do jogo, mesmo sem trocar nenhuma peça, posicionando Geraldo mais encostado em Wellington no setor ofensivo. O Verdão, por sua vez, voltou a campo sem Leandro, gripado, e com Jefferson na lateral esquerda.

O Náutico melhorou seu comportamento, mas o Palmeiras seguiu bem no jogo, que passou a ser equilibrado. Enquanto os visitantes tentavam alcançar o empate em chutes de longa distância e assustavam o goleiro Marcos, o Verdão abusava do toque de bola na tentativa de ampliar o marcador.

Foi dessa forma que o zagueiro Gladstone, em bonita investida ao ataque, e o meia Diego Souza, em jogada individual, chegaram perto do segundo gol, mas pararam na boa presença do goleiro Eduardo, melhor figura do Timbu na partida.

Denílson, que substituiu o artilheiro Alex Mineiro nos últimos 18 minutos do jogo, teve mais sorte. Aos 42, um minuto depois de Alceu e Kléber serem “agraciados” com o cartão vermelho, o experiente atacante aproveitou lançamento de Valdívia, passou pelo goleiro Eduardo e definiu o resultado: 2 a 0

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.