Camisas do Palmeiras

O atacante Kleber não fica mais no Palmeiras e será vendido para um time da Série A ou do exterior


04/07 Publicado em Notícias do Palmeiras por Renata ás 2:30 pm |Permanlink|

Kleber não vai ficar no Palmeiras. É isso o que diz o agente do jogador, Carlos Neto. Após usar discurso otimista sobre a permanência do atleta na última terça-feira, quando também citava a possibilidade de venda, ele recuou e agora confirma a saída do atacante. O empresário não revela nomes, mas menciona dois clubes interessados em comprar o jogador que pertence ao Porto e estava emprestado ao Verdão.

O atacante Kleber nao fica mais no Palmeiras e sera vendido para um time da Serie A ou do exterior

Apesar de o técnico Gilson Kleina ter dito, no fim da semana passada, que gostaria de contar com o centroavante no segundo semestre, os dirigentes não quiseram exercer a preferência de renovação até o fim do ano, prevista no contrato do camisa 9 desde sua chegada ao Palmeiras.

Ao ser questionado se é certa a saída do camisa 9 do Verdão, Carlos Neto deixou claro que a passagem está no fim. “O Palmeiras não pode fazer nada, ele está sem contrato desde domingo. E o Porto já está com duas propostas na mão”, ressaltou.

Sem contrato desde o dia 30 de junho, Kleber estava treinando na Academia de Futebol sem aparecer no gramado. Nesta quarta-feira, inclusive, ele fez atividade na sala de musculação, ao lado de Valdivia. Ao longo de sua passagem pelo clube, o atacante teve quatro períodos de tratamento de lesão e se recuperava de uma tendinite no joelho direito. No total, ele marcou dois gols em 11 jogos.

Kleber chegou ao Palmeiras no início do ano e ficou com a responsabilidade de substituir o argentino Barcos, que havia acabado de ir para o Grêmio. No entanto, sofreu com lesões musculares e uma tendinite no joelho direito, e realizou apenas 11 partidas, com dois gols. Ele ficou marcado por perder uma chance clara contra o Tigre (ARG), pela Libertadores, e por desperdiçar um pênalti na semifinal do Paulista, contra o Santos.

Em menos de cinco meses no clube, o atacante teve quatro períodos de tratamento de lesão e ainda estava tentando se recuperar de tendinite no joelho direito. Além das deficiências físicas, mostrou dificuldades para dominar, passar e finalizar, fazendo dois gols em 11 jogos e sendo marcado por chance clara perdida em derrota para o Tigre, na Argentina, e pelo pênalti desperdiçado na eliminação do Paulista, contra o Santos.

Fonte: Globo Esporte.

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.