Camisas do Palmeiras

Luxemburgo identifica agressores e garante: fica no Palmeiras


18/11 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 9:46 pm |Permanlink|

O técnico Wanderley Luxemburgo esteve na tarde desta terça-feira no Ministério Público (MP) para conversar com o promotor Paulo Castilho e representantes da Polícia Civil e Militar sobre os problemas com integrantes da Mancha Alviverde no final da última semana. No Fórum Criminal da Barra Funda, o treinador procurou identificar os agressores, mas reiterou principalmente a intenção de seguir o projeto no Palmeiras.

Na noite desta segunda-feira, Luxemburgo conversou com J.Hawilla, presidente da Traffic, a parceira do futebol do Palmeiras. O treinador assegura que recebeu o apoio necessário para seguir no Parque Antártica.

Minha cabeça é de construir alguma coisa, o Palmeiras é muito maior que a torcida Mancha Verde, eu vou enfrentar isso. Não posso tomar uma medida radical de sair do clube por causa de 20, 30 torcedores”, explicou Luxemburgo, que citou a presença na confusão de André Guerra, presidente da Mancha Alviverde, e outros dois integrantes denominados como ‘Leandro’ e ‘Lagartixa’.

As ameaças começaram antes deste acontecimento, através de telefone. Falavam que queriam conversar comigo por bem ou, se não fosse possível, por mal. Eu achei que não deveria conversar. Eles não quiseram falar comigo quando ganhamos o campeonato”, emendou Luxemburgo.

O treinador promete seguir focado no trabalho para trazer alegria aos “verdadeiros” palmeirenses, como classifica o próprio Luxemburgo. “Meu sucesso é levar o time para a Libertadores pelos 10 milhões de torcedores. Importante é que já recebi declarações de apoio da diretoria e do Ministério Público”, destacou.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.