Camisas do Palmeiras

Luxemburgo demonstra insatisfação com Keirrison


07/04 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 3:29 pm |Permanlink|

O atacante Keirrison completou quatro jogos sem balançar as redes, algo inédito desde que chegou ao Palmeiras. Apesar disso, os números mostram que, fora a pontaria, o futebol do camisa 9 tem sido constante, independentemente dos gols.

Seja em jogos nos quais deixa o campo consagrado, como na vitória por 4 a 1 sobre o Santos, quando anotou duas vezes, ou em duelos nos quais passa em branco, exemplo da vitória contra o Botafogo (2 a 1), neste domingo, o centroavante tem aproveitamento muito semelhante.

Números do “Datafolha” mostram que o atacante dribla, passa, recebe e perde bolas e dá assistências em proporções parecidas tanto quando deixa sua marca quanto passa batido.

Comparando a última apresentação dele com a sua estreia, diante do Mogi Mirim, quando marcou dois gols, percebe-se, por exemplo, média parelha nos passes. Anteontem foram 18 toques na bola, sendo 16 corretos. No seu debute, Keirrison tentou 21 e acertou 16.

A única coisa que mudou, de fato, foi a pontaria do jogador, que costuma finalizar, em média, 3,6 vezes a gol por jogo.

No confronto deste domingo, que ratificou o Palmeiras na liderança da primeira fase do Estadual, por exemplo, ele tentou seis arremates, mas acabou acertando apenas dois, segundo contabilizou o “Datafolha”.

A situação do Keirrison tem de ser resolvida por ele mesmo e por seus procuradores. Precisa dar um basta. Ele tem todo o meu apoio. Mas uma definição cairia muito bem nesse momento, porque estamos em reta final“, falou o treinador, visivelmente incomodado com as notícias sobre possíveis negociações envolvendo o camisa 9.

Em diversas entrevistas, os empresários Marcos e Naor Malaquias, que trabalham com Keirrison desde o início de sua carreira, já disseram que a ideia é segurar o atleta no Palmeiras até 2010, mas sempre deixam em aberto a possibilidade de uma transferência na próxima janela, no meio deste ano.

Via: Esportes UOL

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.