Camisas do Palmeiras

Livro do Palmeiras – O Alviverde Imponente


14/12 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 4:50 pm |Permanlink|

A Editora Nacional convida todos os torcedores do Palmeiras para o lançamento do livro Palmeiras – O Alviverde Imponente. A noite de autógrafos acontece na próxima terça-feira, 16 de dezembro, às 19 horas, no Salão Nobre da Sociedade Esportiva Palmeiras. Entrada franca.

Luigi Cervo, Ezequiel Simone, Luigi Marzo e Vicenzo Ragognetti eram jovens imigrantes italianos que moravam no bairro do Brás e trabalhavam nas indústrias Matarazzo. Eles pensavam em montar, no Brasil, um time de futebol que pudesse representar a enorme colônia italiana. Na época, os italianos chegaram a um quarto da população do estado de São Paulo. Após reuniões para a criação do estatuto, em 26 de agosto de 1914, nascia a Societá Sportiva Palestra Itália.

Para contar essa história recheada de vitórias e feitos que teriam papel importante no desenvolvimento do futebol brasileiro, o jornalista Orlando Duarte lança o livro Palmeiras – O Alviverde Imponente (Companhia Editora Nacional). A obra narra em riqueza de detalhes toda a história do maior campeão do século XX, os bastidores da sua fundação até o título de campeão paulista de 2008, com curiosidades, números, a ficha técnica dos principais jogos, a biografia dos principais jogadores, tudo ilustrado com mais de 120 fotos. Na seção Baú Palmeirense, o autor apresenta recordes, artilheiros, maiores públicos e a relação de todos os técnicos, dirigentes e times que dignificaram a história do clube.

Além de ser uma obra de consulta para estatísticos, curiosos e torcedores, a obra narra fatos importantes da história do Palestra-Palmeiras, como a mudança do nome em 1942, após as terríveis pressões relacionadas à Segunda Grande Guerra, a criação de seu hino oficial, em 1949, os grandes confrontos com o Santos de Pelé na década de 60 e o dia em que o Palmeiras representou a seleção brasileira e venceu o Uruguai por 3×0 no Mineirão. Os leitores terão orgulho de saber a dimensão dada ao “Primeiro Mundial de Clubes”, vencido pelo Palmeiras, em 1951, sob chancela da Fifa, além de outros episódios da saga desse, que é o clube mais italiano do Brasil.

Sobre o autor: Paulista de Rancharia, onde nasceu em 1932, Orlando Duarte tem mais de vinte livros publicados e orgulha-se de haver acompanhado mais de meio século de esporte. Foi comentarista das rádios Bandeirantes, Record, Jovem Pan e Trianon (São Paulo) e Itatiaia (Belo Horizonte) e realizou trabalhos especiais para a BBC e a Radio France. Na TV, esteve 18 anos na Cultura e depois trabalhou no SBT, na Globo e na Bandeirantes. Escreveu também para os jornais A Gazeta Esportiva, O Tempo, Mundo Esportivo, Equipe, Diário da Noite e Última Hora.

Curiosidades da história do Palestra/Palmeiras:

• O primeiro uniforme do time de futebol era composto por camisas verdes, calções brancos e meias vermelhas, as cores da bandeira italiana.
• Para a disputa do primeiro jogo profissional, cinco atletas do Corinthians foram cedidos ao Palestra Itália: Américo, Fúlvio, Police, Bianco e Amílcar. Esse é o único vínculo da história entre o Palmeiras e o arqui-rival.
• Ao contrário do que se imagina, Palestra não é uma palavra italiana. É de origem grega e significa local para exercícios ou praça em que se praticam esportes.
• Heitor ou Ettore, como chamavam os torcedores, é o maior artilheiro da história do Palestra Itália/Palmeiras com 284 gols marcados em 330 partidas.
• Em 1917 foi disputado o primeiro clássico entre Palmeiras e Corinthians. Resultado: 3×0 para o verdão.
• O Palestra comprou o Parque Antártica em 1920 por 500 contos de réis. O campo pertencia à Cia. Antáctica de Bebidas.
• Antes de se transferir para a rua Turiassu, o Palmeiras teve três outras sedes: a primeira na Rua Riachuelo, a segunda na Libero Badaró e a terceira no Edifício Martinelli.
• O nome Palmeiras se originou de um antigo clube que sempre mantivera uma relação cordial com o Palestra, a Associação Atlética das Palmeiras.
• Oberdan; Djalma Santos, Luis Pereira, Djalma Dias e Roberto Carlos; Dudu, Ademir da Guia, Jair da Rosa Pinto e Julinho Botelho; Rodrigues e Heitor. Essa foi a seleção alvi-verde de todos os tempos, escolhida por jornalistas, artistas, torcedores ilustres e dirigentes.

Serviço:

Livro: Palmeiras – O alviverde imponente
Autor: Orlando Duarte
Páginas: 280
Preço: R$ 36,00
Editora: Companhia Editora Nacional

Mais informações na assessoria de imprensa da Companhia Editora Nacional.
Luís Fernando Guidi: Tel: (11) 2799-7799 ramal 1275 / Cel: (11) 9889-5831

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.