Camisas do Palmeiras

Kléber se envolve em briga e atropela comerciante


22/05 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 1:48 pm |Permanlink|

O atacante palmeirense Kléber voltou a causar polêmica nesta quarta-feira. Uma semana depois de ser afastado do elenco alviverde para a partida contra o Internacional no último final de semana, na madrugada desta quinta-feira o jogador se envolveu em uma briga ao sair de uma casa noturna, causou um atropelamento e fugiu. O motivo do atrito: uma piada feita pelo próprio atleta sobre a torcida do São Paulo, clube pelo qual foi revelado.

A confusão envolvendo o camisa 30 do Verdão aconteceu em uma boate na região da Avenida Luiz Carlos Berrini, em São Paulo. O Boletim de Ocorrência (B.O.) número 4.111 foi aberto às 5h59 (de Brasília) no 96º Distrito Policial (DP), do Brooklin e Cidade Monções.

A Polícia Militar informou que chegou ao local instantes depois da comunicação e encontrou “várias pessoas alteradas, apresentando embriaguez”. O grupo de rapazes informou que Kléber causou o atropelamento e fugiu do local. O atleta do Verdão só foi localizado adiante, e afirmou que “mais de dez rapazes estavam tentando agredir a ele e a seu irmão, um auditor de 26 anos, e na fuga acabou atropelando um desses rapazes”.

Consta no B.O., revelado à reportagem da Gazeta Esportiva.Net pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP/SP), que a confusão teve início por volta das 5h30 desta quinta-feira, e segundo o próprio Kléber “a discussão teria começado dentro da casa noturna Cabaret. Um rapaz desconhecido do atleta teria ficado irritado com uma piada feita pelo atacante para os amigos, dizendo que torcedores do São Paulo são bambis”.

Ao sair da casa noturna, o jogador foi perseguido por um grupo de dez grupo de rapazes “todos fortões”, como contou Kléber. O palmeirense entrou em seu carro e saiu do local, mas teve que voltar para buscar o irmão, que também fora seguido.

De acordo com o boletim, “para evitar que um dos rapazes se aproximasse, Kléber alega que precisou subir com o carro na calçada. Conseguiu pegar o irmão, mas um dos rapazes praticamente teria se jogado no carro para agredi-los. Na fuga (do jogador e do irmão), um rapaz, comerciante de 25 anos, acabou sofrendo ferimentos leves”.

Agora, Kléber, seu irmão e a vítima do atropelamento (que não teve seu nome divulgado) precisarão passar por exame de corpo de delito. Caso haja o interesse de que uma queixa seja aberta, os envolvidos terão de comparecer à delegacia e fazer o pedido.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.