Camisas do Palmeiras

Grêmio aumenta o valor da negociação e o Palmeiras pode ficar sem o Leandro


24/12 Publicado em Notícias do Palmeiras por Renata ás 4:24 am |Permanlink|

A negociação entre Grêmio e Palmeiras por Leandro deve se arrastar até o início de janeiro. É o que indica o diretor executivo Rui Costa. O dirigente gremista se reuniu com o diretor executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, nesta segunda-feira, mas não houve definição sobre a situação do atacante. O clube gaúcho espera por uma valorização financeira depois da boa campanha do atleta com a camisa alviverde nesta temporada.

Gremio aumenta o valor da negociacao e o Palmeiras pode ficar sem Leandro

Eu conversei com o Brunoro (diretor-executivo do Palmeiras) no início da semana. As condições do Grêmio para vender o Leandro são as que estão previstas no contrato de cessão ao Palmeiras. São 5 milhões de euros ou o Leandro volta para o Grêmio.

Nunca falamos em baixar nada. Pelo contrário, temos que valorizar o nosso jogador”, disse à rádio Bandeirantes o diretor de futebol do Grêmio, Rui Costa, apontando exatamente o sucesso do jogador no atual campeão da Série B do Brasileiro para justificar que a pedida não reduzirá.

O Verdão já tem um acerto salarial com Leandro para o caso de a venda ser concretizada – com contrato de cinco anos. Se o Grêmio optar por um novo empréstimo, porém, jogador e Verdão ainda teriam de fazer outro tipo de acordo. Por outro lado, Rui Costa voltou a falar sobre a possibilidade de Leandro ser negociado com outro clube e até de permanecer no Tricolor.

Diante do impasse, o Verdão passou a estudar a hipótese de comprá-lo e acertar um contrato de cinco anos. Nestes moldes, o salário do jogador está encaminhado, pois o vínculo mais longo dá mais segurança ao atleta. Nesta segunda-feira, José Carlos Brunoro foi a Porto Alegre (RS) e esperava-se uma reunião com a diretoria gremista para tratar sobre a permanência do camisa 38 e fazer uma proposta pelo atleta. A conversa, de acordo com o diretor tricolor, Rui Costa, foi por telefone e não rendeu novidades.

Se não contratar Leandro em definitivo, o Verdão tem direito assegurado em contrato de prorrogar unilateralmente o empréstimo por mais um ano. O problema é que, como o dinheiro do acerto permanente sairia de investidos, o clube usaria a quantia que ‘economizou’ para oferecer um salário que o jogador aceite. Até agora, nas negociações por novo empréstimo, o que emperrou foi exatamente a pedida de Leandro.

Fonte: Lance Net.

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.