Camisas do Palmeiras

Empresário de Barcos diz que o jogador cumprirá o contrato mesmo estando no série B


03/01 Publicado em Notícias do Palmeiras por Renata ás 6:11 pm |Permanlink|

Ano novo e problemas antigos no Palmeiras. Logo em seu primeiro dia de trabalho de 2013, o técnico Gilson Kleina teve de conviver com a dúvida sobre o futuro de seu goleador e principal jogador, o atacante Hernán Barcos. Depois de o presidente Arnaldo Tirone ter garantido no início de dezembro a prorrogação do vínculo do jogador com o clube, e de o gerente de futebol César Sampaio ter negado tal acordo, agora foi a vez do irmão e agente do atleta criar polêmica.

Empresario de Barcos diz que o jogador cumprira o contrato mesmo estando no serie B

Amigos, declarei que não é ideal Hernán jogar a Série B por causa da seleção argentina, é só isso mais nada. Ele tem contrato e cumprirá. É certo que o Palmeiras colaborou para que Hernán fosse convocado para a seleção e estamos gratos“, escreveu no microblog.

A repercussão da entrevista dada por David na última quarta-feira foi muito negativa para os dois irmãos. Tanto ele quanto o jogador passaram a ser bastante questionados via Twitter por torcedores que se mostraram insatisfeitos com as palavras.

No fim de novembro, o atacante publicou vídeo no Facebook dizendo que ficaria no Verdãopor amor”, mas a declaração não convenceu a muitos no clube. Tanto que o ex-atacante César Maluco cobrou gratidão do camisa 9 e o ex-goleiro Marcos conversou pessoalmente com o jogador lembrando que recusou oferta do Arsenal em 2003 para disputar e conquistar a Série B daquele ano pelo Palmeiras.

As declarações do agente de Barcos colocam em dúvida o futuro do atleta no Palmeiras após a Libertadores. Curiosamente, em dezembro, o camisa 9 divulgou um vídeo garantindo sua permanência no clube em 2013 e se mostrou animado com a nova temporada pelo Verdão.

O contrato de Barcos com o Palmeiras se encerra no começo de 2015 e está avaliado em cerca de US$ 12 milhões (R$ 24,5 milhões) de acordo com o noticiário na imprensa estrangeira – o clube, oficialmente, se recusa até a abrir qualquer negociação. No mês passado, o presidente Arnaldo Tirone chegou a anunciar para conselheiros que o vínculo tinha sido prorrogado até 2016, mas foi desmentido pelo empresário do jogador e também pelo gerente de futebol César Sampaio.

Fonte: Globo Esporte.

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.