Camisas do Palmeiras

Em jogo emocionante, Palmeiras goleia o Bragantino de virada


09/03 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 6:06 pm |Permanlink|

Parecia que tudo ia dar errado para o Palmeiras neste domingo, quando a equipe foi a Bragança Paulista enfrentar o Bragantino, no Estádio Marcelo Stéfani. Com apenas quatro minutos de jogo, o Braga já havia aberto o placar, e na marca de 22, o maior ídolo do elenco palmeirense, o goleiro Marcos, foi expulso ao perder a cabeça e chutar Malaquias, do Braga, que estava caído no chão. Para completar, no lance que gerou o cartão vermelho do arqueiro, o árbitro marcou pênalti, devidamente convertido por Nunes, do Braga. O Palmeiras, no entanto, conseguiu uma reação impressionante, começada ainda na primeira etapa, e conseguiu terminar a partida com uma vitória de 5 a 2.

No jogo, válido pela 13ª rodada do Campeonato Paulista, a equipe da casa começou com tudo, pressionando a zaga alviverde desde o início do jogo. Logo aos quatro minutos da primeira etapa o Braga abriu o placar com uma jogada de André Gaspar, que tocou para Paulinho, que apareceu livre para completar para o fundo da rede da meta de Marcos.

Aos 20, a situação do Verdão ficou ainda mais dramática. Após receber uma entrada que julgou ser intencional, o goleiro Marcos perdeu a cabeça e agrediu um jogador da equipe adversária, chutando Malaquias enquanto este estava caído no gramado. O árbitro não titubeou e mandou o goleiro Marcos para fora, além de marcar pênalti para o Braga.

Marcos saiu de campo visivelmente irritado, reclamando com a imprensa da entrada de Malaquias e mostrando uma suposta marca de chuteira em seu peito. Já com Diego Cavalieri no gol, entrando no lugar de Alex Mineiro, o Palmeiras tomou o segundo no jogo, quando Nunes cobrou bem e colocou a bola no canto direito do gol.

A virada
– A reação do Palmeiras só foi começar aos 37 minutos, ainda na primeira etapa, quando Diego Souza recebeu bola de Kléber para marcar o primeiro do Verdão, pegando firme na bola e fazendo um belo gol. Dois minutos depois, César Gaúcho fez falta em Valdívia e tomou o segundo amarelo, igualando os dois times no número de jogadores em campo.

O mesmo Valdívia que recebeu a falta que geraria a expulsão do jogador do Braga igualou o placar, aos 40, concluindo o gol com um toque de categoria.

A virada só viria no segundo tempo, com Leandro, na mesma marca dos quatro minutos que, no primeiro tempo, colocou o Braga na frente no marcador. Palmeiras 3 a 2.

À partir desse momento, só deu Palmeiras no jogo. O time do Palestra Itália ainda teve a chance de fazer o quarto, quando Léo Lima teve a bola na marca do pênalti. O jogador, no entanto, desperdiçou a cobrança, chutando por cima do gol do Braga.

O quarto gol só sairia aos 34, quando Denílson, marcando seu primeiro gol com a camisa verde, finalizou uma bela jogada de Valdívia, que driblou o último zagueiro e o goleiro do Braga. Denílson, com o gol livre, apenas completou e saiu para o abraço. O ex-jogador do arqui-rival São Paulo também faria o seu segundo gol com a camisa do Palmeiras e o quinto do time no jogo, aos 46, fechando a goleada de 5 a 2 do Verdão.

Entusiasmado com os três pontos conseguidos fora de casa no jogo de hoje, o Palmeiras encara na próxima rodada do Paulistão a vice-líder Ponte Preta, no Palestra Itália. Já o Bragantino joga novamente no Estádio Marcelo Stéfani, dessa vez contra o Sertãozinho.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.