Camisas do Palmeiras

Denílson evita comparações, mas promete suprir falta do ‘Mago’


12/03 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 10:00 am |Permanlink|

Escolhido pelo técnico Wanderley Luxemburgo como substituto de Valdívia para a partida desta quarta-feira contra a Ponte Preta, no Palestra Itália, Denílson terá sua primeira oportunidade como titular desde que assinou seu contrato de risco com o Palmeiras.

Autor de dois gols na última partida da equipe, o jogador não quer saber de comparações com o estilo do “Mago”, mas está confiante em fazer uma boa apresentação e não deixar a torcida alviverde sentir falta do camisa dez nesta quarta-feira.

Entre eu e o Valdívia existe uma diferença. Ele é o melhor jogador que eu já vi atuando de costas para a defesa, pois não perde a bola por nada. Eu já tenho dificuldades em jogar de costas e prefiro sempre pegar a bola de frente para a defesa, mas vou tentar fazer com que não sintam a ausência dele. A oportunidade surgiu e vou procurar ajudar o Palmeiras a vencer”, prometeu, confiante também em boa participação de Wendel na função de Diego Souza.

Espero que o time não perca em nada, pois todos os jogadores vêm trabalhando com bastante intensidade para que não haja diferença ou queda de rendimento quando acontecerem probleminhas como esses”.

O volante Wendel, que deverá ficar mais fixo na marcação ao lado de Pierre, dando maior liberdade ao próprio Denílson e a Léo Lima para criar as jogadas, também entrou na onda e enalteceu a qualidade do grupo que Wanderley Luxemburgo tem em mãos.

O Wanderley sempre fala da importância do elenco e não somente do time. Eu e o Denílson estamos entrando e já mostramos que temos condições de ser titulares. Me sinto importante no elenco e é ma alegria poder estar atuando e ajudando o Palmeiras”.

Nova função: Conhecido mundialmente por seus dribles na ponta esquerda, Denílson terá, nesta quarta-feira, que exercer a função de homem de criação do Palmeiras. E não está assustado com a responsabilidade.

É uma posição nova, mas no Dallas (Estados Unidos) já atuei dessa forma e isso me ajudou bastante. Vou atuar da mesma forma que venho sendo utilizado nos treinamentos, por trás dos atacantes e com liberdade para encostar neles. Espero fazer uma boa partida e ajudar o Palmeiras a chegar ao G-4”, concluiu.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.