Chefe da arbitragem evita críticas a Paulo César após polêmica


13/04 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 8:47 pm |Permanlink|

O gol do atacante Adriano no primeiro tempo do clássico deste domingo gerou muita reclamação por parte dos jogadores do Palmeiras, mas o chefe da comissão de arbitragem da Federação Paulista, coronel Marcos Marinho, evitou entrar na polêmica e não criticou a decisão de Paulo César de Oliveira.

É muito rápido, não tive noção se pegou na mão. Pela imagem, constou a mão. Mas vale o que a equipe (de arbitragem) vê. Vamos ver o ângulo em que eles estavam para saber se houve erro, mas não acho que houve”, ponderou o coronel, ainda no intervalo.

Os jogadores do Palmeiras reclamaram bastante da assistente Maria Eliza Correia Barbosa, que estava posicionada no lado do campo em que o lance aconteceu. “Não posso falar nada”, limitou-se a dizer a auxiliar, na volta para o segundo tempo.

O gol polêmico do São Paulo aconteceu aos 11 minutos da etapa inicial e foi o primeiro na vitória tricolor por 2 a 1. Jorge Wagner levantou bola na área e Adriano tocou com a mão para estufar as redes do goleiro Marcos.

Vai ser assunto para a semana, com certeza. Mas eu ouvi o Paulo César e a opinião dele é interessante. Ele entendeu que não houve intenção de Adriano. É a interpretação do árbitro”, acrescentou o comandante.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2018 - Todos os direitos reservados.