Camisas do Palmeiras

Cabañas é o melhor da América. Valdívia é o décimo.


30/12 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 2:41 pm |Permanlink|

O paraguaio Salvador Cabanas, atacante da seleção de seu país e do América do México, foi eleito o melhor jogador das Américas em 2008, em votação anual realizada pelo jornal espanhol El País. O jogador venceu com seis votos de diferença sobre seu compatriota Cláudio Morel Rodriguez, que atua no Boca Juniors, enquanto o terceiro colocado foi o argentino Hugo Ibarra, que também joga defende o time da Bombonera.

O jornal destacou que Cabanas obteve a vitória graças a seus gols. Antes dele, o último paraguaio a ser eleito o melhor da América foi José Cardozo, em 2002. Já o melhor treinador do continente foi o argentino Emilio “Tata” Martino, que bateu seu compatriota Gustavo Alfaro por apenas um voto.

Os brasileiros Rogério Ceni e Kléber, respectivos atletas de São Paulo e Santos, também concorreram ao pleito. Enquanto o arqueiro tricolor ficou na sétima posição, o santista foi o 13º. Já o palmeirense Jorge Valdívia, eleito para a seleção do continente, foi décimo colocado na votação geral.

O “time dos sonhos” da América contou com o domínio argentino, com quatro atletas. Logo em seguida apareceu o Paraguai, com três. O Chile teve dois eleitos, enquanto México e Colômbia tiveram um escolhido cada um.

São eles: Guillermo Ochoa (México), Hugo Ibarra (Argentina), Paulo Da Silva (Paraguai), Claudio Morel Rodríguez (Paraguai), Jorge Valdivia (Chile), Ever Banega (Argentina), Diego Valeri (Argentina), Fernando Belluschi (Argentina), Carlos Villanueva (Chile), Salvador Cabañas (Paraguai) e Radamel Falcao García (Colômbia

Já na Europa, nada de surpresas: o meia Kaká, do Milan, foi eleito o melhor jogador do continente, com um voto de vantagem sobre o argentino Lionel Messi, do Barcelona, que teve que se contentar com a segunda posição, com o português Cristiano Ronaldo, que defende o Manchester United, em terceiro.

Segundo o periódico, o título do Mundial de Clubes conquistado pelo Milan no começo deste mês, no qual Kaká foi um dos destaques, foi decisivo para que a decisão final tivesse um veredicto favorável ao ex-são-paulino. “Os jornalistas europeus redobraram seu apoio ao brasileiro no final da enquete, caso contrário o vencedor seria Messi”, afirmou o jornal.

Já o título de melhor treinador do Velho Continente ficou com o francês Arsène Wenger, do Arsenal, que superou o escocês Alex Ferguson, o segundo colocado. De acordo com a votação, a “seleção dos sonhos da Europa” tem três sul-americanos e dois africanos:

Gianluigi Buffon (Itália), Daniel Alves (Brasil), John Terry (Inglaterra), Eric Abidal (França), Cesc Fábregas (Espanha), Andrea Pirlo (Itália), Kolo Touré (Costa de Marfim), Kaká (Brasil), Lionel Messi (Argentina), Cristiano Ronaldo (Portugal) e Didier Drogba (Costa de Marfim).

Esta é a 22ª edição da eleição dos melhores do ano realizada pelo El País. A entrega dos prêmios acontecerá em breve, em uma cerimônia especial que costuma acontecer em Punta del Este, cidade uruguaia localizada a 140 km da capital Montevidéu.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.