Camisas do Palmeiras

Bola aérea do Sport derruba Palmeiras no Recife: 4 a 1


01/05 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 12:07 am |Permanlink|

Recebido com pedras e rojões na Ilha do Retiro, o Palmeiras sentiu a pressão dentro de campo e acabou não sendo páreo para o Sport nesta quarta-feira, no jogo da volta das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Perdeu por 4 a 1 para os pernambucanos e deu adeus à competição de forma melancólica.

O grande algoz dos paulistas na partida foi Romerito, autor de uma assistência e de três gols, todos eles em jogadas de bola parada, ironicamente a grande preocupação palmeirense na partida de ida, quando Luizinho Neto, principal destaque pernambucano, esteve em campo.

Mesmo sem seu lateral, suspenso nesta quarta, o rubro-negro pernambucano foi eficiente no jogo aéreo e aniquilou o Palmeiras com essa arma. O primeiro gol veio aos sete minutos, depois de cobrança de escanteio de Carlinhos Bala, que Durval ajeitou de cabeça e Romerito, também de cabeça, mandou para as redes.

Com a mesma moeda, o Palmeiras chegou a respirar na partida quando, em seu primeiro ataque, aos 15 minutos, atingiu a igualdade em cabeçada de Alex Mineiro, após belo cruzamento de Leandro: 1 a 1 e injustiça momentânea no placar da Ilha do Retiro.

Empurrado por mais de 32 mil torcedores, o Sport não demorou a pular novamente à frente no placar. Em outro cruzamento para a para a área, a bola foi ajeitada de cabeça para o camisa dez, que venceu o duelo com Marcos. A zaga palmeirense reclamou de falta em Henrique, mas a arbitragem validou o gol.

Ainda no primeiro tempo, Romerito, sempre ele, ganhou de Gustavo após cobrança de falta de Carlinhos Bala e, de cabeça, fez 3 a 1, praticamente sacramentando a classificação antes da descida das equipes para o intervalo.

Via: GazetaEsportiva.Net

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.