Camisas do Palmeiras

André Dias do São Paulo diz que Diego Souza não teve culpa e pede absolvição do rival


04/06 Publicado em Notícias do Palmeiras por Davidson ás 5:44 pm |Permanlink|

Nem bem foi julgado pela tão falada agressão ao zagueiro Domingos no Campeonato Paulista deste ano, o meia Diego Souza irá mais uma vez ao tribunal do STJD. O jogador poderá levar gancho pelo carrinho que deu no zagueiro André Dias no empate sem gols contra o São Paulo pelo Brasileirão 2009.

O meia se mostrou irritado ao falar sobre o assunto, e reclamou de ser perseguido pelo tribunal. “Não vou falar que é má vontade, mas uma perseguição tem, sem dúvida nenhuma“, analisou.

Diego Souza citou alguns lances em que, segundo o seu ponto de vista, foi prejudicado pela arbitragem. “Aconteceu de eu ser expulso contra o São Paulo uma vez aqui no Palestra quando a gente precisava vencer. Tive uma expulsão contra o Santos que foi o mesmo árbitro. Recebi um pênalti que tudo mundo disse que foi contra o São Paulo e não falei nada, reclamei porque é normal de reclamar“.

André Dias considerou injusto o fato de o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidir julgar Diego Souza, do Palmeiras, pelo carrinho que o meia aplicou em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. Para o zagueiro, ‘vítima‘ do lance, Diego não teve intenção de machucar.

Não conheço o Diego Souza fora de campo. Mas sei que ele não deu uma ‘entrada para pegar’, Se pegou, foi sem intenção. Tem lances muito mais duros por aí, que a gente vê que o jogador teve maldade. Mas esse não foi o caso“, afirmou o zagueiro após o treino do São Paulo nesta quinta-feira.

André Dias espera inclusive que seu depoimento possa servir de instrumento da defesa do Palmeiras. “Sei que o que estou dizendo aqui vai ajudar o Diego Souza. Eu, que fui o jogador atingido, estou aqui dizendo que não foi um lance intencional. Espero que o tribunal não vá condená-lo por isso“, completou.

Via: UOL Esportes

Leia também:




Home | Site do Palmeiras © 2007 - 2014 - Todos os direitos reservados.